• Viviane Lorusso

Álcool Gel e pele seca

Já estamos há mais de 100 dias vivendo a tour do CORONAVIRUS na sua versão Covid-19. A galera toda tá se cuidando (ou pelo menos a gente tá). É isolamento pra cá e pra lá, máscara na cara e álcool gel nas mãos. Esse trio é o combo mínimo para sair de casa, juntamente com o bom senso.

E como se não bastasse chacoalhar nosso jeitinho de viver, todos esses cuidados ainda não são suficientes, mas a gente já sabe disso né?

Álcool gel nas mãos

O álcool gel é muito eficaz para higienizar as mãos naqueles momentos em que não podemos lavá-las, tipo no mercado e farmácia onde entramos em contato com superfícies e objetos que não sabemos se estão contaminados, aí melhor não bobear. Esse cosmético tem ação imediata, então assim: usou, matou os vírus, fungos e as bactérias - ACABOU. Assim que sua mãozinha secar e você tocar em alguma superfície não segura, é necessário a reaplicação.

É por isso que eu vim conversar com você hoje sobre a hidratação das mãos! Como a sua pele tem reagido a tanto álcool gel?


Nem todo mundo está passando por isso, mas quem precisa sair com mais frequência de casa (motivos essenciais) ou tem a pele seca e sensível, provavelmente está lidando com as mãos mais secas, esbranquiçadas e/ou até com microfissuras e em casos mais graves, infecções que acredite, pode ser uma porta de entrada para o vírus.


Por isso é importantíssimo após usar o antisséptico, fazer uso de um poderoso hidratante! Esse ressecamento causado pelo uso excessivo de produtos fortes para higienização das mãos, indicam que a hidratação natural foi comprometida, afinal o álcool e outros componentes tem a capacidade de remover toda essa gordura e estrutura que protege a camada mais superficial e consequentemente as mais profundas da nossa querida pele.

Pele das mãos hidratadas

De quebra estamos também atravessando o inverno, estação que naturalmente já colabora para este ressecamento, com pandemia ou sem. Afinal adoramos um banho quente e acabamos bebendo menos água, sem falar no clima seco.


Eu sou uma das pessoas afetadas, não somente por ter a pele seca/normal que no inverno vira um deus nos acuda, como pelo uso desses produtos. Tentei inúmeros hidratantes, e assim como o sabonete, nem sempre me adapto. Minha pele realmente precisa de algo bem hidratante, e para as mãos, me adaptei com um creme da Natura nomeado 'Polpa Hidratante para as Mãos Ekos Castanha'. Esse é um produto bem denso e emoliente que além de resolver o problema na hora pra mim, ele tem uma ação prolongada em minha pele. Cremes muito finos e líquidos simplesmente não funcionam aqui. Optei por este produto para hidratação pois é muito fácil de achar, e além de não ser testado em animais, também não contém produtos de origem animal. Ao entrar no site deles e fazer uma busca por "vegano", você encontra este produto na lista.


Então a dica é sempre passar um hidratante após o uso do álcool gel. O hidratante ideal deve conservar a água da pele, promover a restauração e possuir efeito emoliente. Deve ser aplicado SEMPRE, não só para recuperação de peles já afetadas, mas para manutenção e conservação da pele.


Referências:

http://www.sallve.com.br/blogs/sallve/barreira-cutanea

https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/flipping-book/consenso-cuidados-pele/cuidados-com-a-pele/assets/basic-html/page52.html

https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/hospital/Paginas/prevencao-doencas-esta-suas-maos.aspx

14 visualizações

Copyright ® 2020 • Todos os Direitos Reservados • Viviane Lorusso